Notícias


VLT Parangaba-Mucuripe já transportou 20 mil pessoas


Funcionando em operação assistida desde 25 de julho, o VLT Parangaba-Mucuripe alcançou a marca dos 20 mil passageiros transportados. Na terça-feira (5/9), o total de passageiros transportados somou 20.395 pessoas, desde início da operação. Na quarta (5/9), o dia fechou com total acumulado de 21.008, segundo balanço da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos, operadora do equipamento. Segundo o presidente da Cia, Eduardo Hotz, a previsão é de crescimento para os próximos meses.

“Nessa fase de operação assistida, entendemos que o VLT tem sido muito bem recebido pela população e intensamente utilizado. As pessoas o utilizam para ir à escola, ao trabalho, ao comércio, às suas atividades cotidianas e também para passear”, afirma o gestor.

Por dia, cerca de 600 passageiros utilizam o VLT, cujo trecho em operação tem cinco quilômetros. A estação mais movimentada é a Vila União, seguida de Parangaba, Borges de Melo e Montese. Ainda segundo balanço da Cia, o horário mais movimentado é a faixa entre 9h e 10h. Para ter acesso ao serviço basta se dirigir a uma das estações e aguardar a chegada do VLT. O horário das viagens pode ser consultado no site do Metrofor (www.metrofor.ce.gov.br). Endereços de grande fluxo de pessoas são contemplados pelas estações.

Na Parangaba, a parada do VLT fica próxima do Terminal de Ônibus da Parangaba, do Shopping Parangaba, além de ser integrada com a Linha Sul do Metrô de Fortaleza. Acessando a Linha Sul, passageiros do VLT podem se deslocar para Pacatuba, Maracanaú ou Centro de Fortaleza. Na Borges de Melo, a estação do VLT fica ao lado do Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, utilizado para viagens intermunicipais e interestaduais.

Operação assistida

A operação assistida é a fase em que a população tem o primeiro contato com o novo ramal e se acostuma com a prestação do serviço, incorporando-o em seu cotidiano. Nesta fase também estão sendo desenvolvidos programas de relacionamento com a comunidade. Para viabilizar a operação, a Cia Cearense de Transportes Metropolitanos destinou profissionais maquinistas, manobradores de trens, agentes de estação, vigilantes e zeladores.

As estatísticas de passageiros registradas até o momento são proporcionais à fase inicial da operação do VLT. As capacidades máximas de transportes devem ser atingidas com o término da obra e o início da operação comercial em todo o ramal, e ainda com as futuras integrações a outras linhas e modais de transporte.

Obras

Em agosto, a Secretaria de Infraestrutura – SEINFRA recebeu as propostas para continuidade das obras nos demais trechos do VLT. A licitação I, que corresponde às obras de construção de quatro viadutos ferroviários, um elevado e duas pontes, recebeu propostas de seis empresas ou consórcios e teve como primeira classificada a empresa CG Construções LTDA.

A licitação II, que corresponde à construção e conclusão de 6 estações e 3 passarelas, recebeu 9 propostas e teve como primeira classificada a Construtora Morais Vasconcelos LTDA. Já a licitação III, que corresponde às obras nas vias férreas e acessos, teve como classificado o consórcio formado pelas empresas CG Construções LTDA e Domo Construções LTDA – EPP. O valor previsto dos três lotes é de aproximadamente R$ 98 milhões, caso os três classificados sejam habilitados.

Fonte: Governo do Estado do Ceará
Publicada em:: 12/09/2017

    

Eventos

Fotos dos Eventos

Confira as fotos dos últimos eventos