Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Alstom e Red Hat se unem para transformar comunicação de ferrovias com edge computing e nuvem híbrida aberta

03.05.2021 | | Notícias do Mercado

Linhas Comunicação - 28/04/2021

A Red Hat, Inc., líder global no fornecimento de soluções open source, apresentou durante o Red Hat Summit 2021 o trabalho que vem sendo realizado junto à Alstom para transformar a comunicação das ferrovias com uma estratégia de edge computing.

Red Hat Enterprise Linux e Red Hat Ansible Automation Platform, a Alstom está fazendo transformações inteligentes no setor ferroviário. As mudanças possibilitam oferecer uma infraestrutura mais segura, confiável e flexível, dando aos clientes a capacidade de implantar e gerenciar aplicações em dispositivos de tecnologia da informação/tecnologia de operações (IT/OT) remotos. Ao mesmo tempo, gera potenciais receitas a partir de uma nova plataforma de aplicações para ferrovias.

“A Alstom deixou de vender hardware para fornecer uma plataforma completa para seus clientes e, ao mesmo tempo, se colocar como uma visionária e inovadora líder de tecnologia ferroviária. Isto está no coração do que a Red Hat espera fornecer para os clientes: possibilidades substanciais para a inovação do datacenter principal até a edge”, afirma Stefanie Chiras, vice-presidente sênior e gerente geral da unidade de negócios RHEL da Red Hat.

A  Alstom desenvolve e comercializa soluções de mobilidade que fornecem bases sustentáveis para o futuro dos transportes.

Além de uma gama completa de equipamentos e serviços, a companhia também disponibiliza sinalização para a maior parte das redes de ferrovias da América do Norte. Por isso, queria melhorar a confiabilidade da sinalização e velocidade da rede ao atualizar a forma como seus serviços de ferrovias se comunicam com trens e sistemas back-office para ajudar a prever e rastrear potenciais problemas, trabalhando para solucioná-los em tempo real.

“Como a Alstom implementa milhares de dispositivos ao redor do mundo, fornecendo aos clientes inteligência acionável a partir da edge, ferramentas de automação como o Ansible ajudam a facilitar a implantação e atualização de aplicações containerizadas e patches de segurança. O Red Hat Enterprise Linux e o Red Hat Ansible Automation Platform provaram estar alinhados ao que precisamos”, diz Emilio Barcelos, gerente de produtos de análise e inteligência de margens de estradas da Alstom.

Ao implementar e padronizar usando o Red Hat Enterprise Linux como seu sistema operacional host em bare-metal, a Alstom pode transformar os dispositivos de Internet of Things (IoT) das ferrovias em uma solução mais moderna para a aquisição de dados e processamento na edge. Esta arquitetura containerizada significa que a Alstom pode implantar aplicações de edge de

forma mais segura, confiável e fácil. A adição do Ansible Automation Platform permitiu que a Alstom reduzisse processos manuais ao automatizar o ciclo de vida de dispositivos – da gestão e patches até o desenvolvimento de novas aplicações -, com atualizações entregues em tempo real ou sob demanda.