Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

ANTT: velocidade média de transporte de trem não sai do lugar

13.03.2018 | | Não categorizado

A Velocidade de Transporte das concessões ferroviárias no Brasil caiu levemente no ano passado, alcançando seu menor nível desde 2006, apontam dados do Anuário Estatístico da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). A média das velocidades de percurso de todas as ferrovias foi de 20,48 km/h, pouco menor que a média de 20,61 km/h do ano de 2016.

Já a Velocidade Comercial dos trens no país alcançou 15,42 km/h, número ligeiramente superior aos 15,13 km/h do ano anterior. Mas que mostra uma estagnação, já que não passa dos 16 km/h desde o ano de 2011. Na década passada, as velocidades tanto de percurso como a comercial eram cerca de 30% superiores.

A velocidade de percurso é contabilizada pelo tempo que o trem leva para percorrer entre uma estação e outra. Já a comercial, considera o tempo que o trem leva parado nas estações para carga, descarga e movimentação dos vagões.

Mesmo com a queda de velocidade, as ferrovias nacionais conseguiram aumentar o volume de carga transportado em 2017 em 6,9%, passando de 503 milhões de toneladas para 583 milhões. Somente a Estrada de Ferro de Carajás, da Vale, transportou 175 milhões de toneladas, puxada pelo aumento do transporte de minério de ferro, que subiu 5% no ano.

Fonte: Agência inFRA
Data: 09/03/2018