Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

CPTM volta a bater recorde de transporte de passageiros

15.06.2018 | | Notícias de Mercado

cptm

A sexta-feira 8 de junho não teve nada de especial. Não havia greve que prejudicasse a região metropolitana ou problemas no trânsito. A economia do país também não está tão aquecida a ponto de ter influenciado algo, porém, foi nessa data que a CPTM voltou a bater seu recorde de transporte de passageiros.

Nada menos que 3 milhões, 96 mil e 35 usuários utilizaram as sete linhas da empresa, superando uma marca obtida no longínquo 24 de novembro de 2014 (3.094.737 usuários), época em que o Brasil começava a sentir os efeitos da recessão que se aproximava.

O site questionou a CPTM a respeito da marca, se ela acreditava que algum fator havia influenciado o recorde, mas a companhia nos disse ter sido um “dia normal”. Ou seja, o sistema está atraindo cada vez mais passageiros o que é natural se lembrarmos que a rede como um todo cresceu de forma significativa nos últimos meses com inaugurações no Metrô, ViaQuatro e na própria CPTM.

Por falar nela, a Linha 13-Jade, que passou a operar em horário comercial neste mês, contribuiu com a marca, mas de forma ainda pouco perceptível. Foram 7.594 usuários na sexta-feira ou 0,25% do total de passageiros transportados.

A grande responsável por atrair o público ainda é a ‘pendular’ Linha 11-Coral que no dia 8 levou nada menos que 777,5 mil pessoas. É mais do que a Supervia, do Rio de Janeiro, transporta por dia em seus 5 ramais, três extensões e 270 km de linhas, por exemplo (recorde informado em seu site de 735 mil passageiros em agosto de 2016).

Mas a linha que mais cresceu nesse dia específico em relação à média transportada por dia útil foi a 12-Safira.
Seus 283 mil passageiros movimentados no dia 8 significam mais de 10% de crescimento comparado à média. Esse dado certamente é influenciado pela estreia da Linha 13 que termina justamente na estação Engenheiro Goulart onde os usuários seguem viagem na Linha 12.

De maneira geral há que se lembrar que a CPTM tem modernizado (embora lentamente) as vias e recebeu quase 40 trens novos nos últimos meses. Essas séries são mais velozes e capazes, influenciando nos números transportados a despeito de outras restrições.

Se não tivermos nenhuma outra surpresa desagradável na economia (e na política) é bem provável que o recorde atual seja batido muito em breve.

Fonte: Metrô CPTM
Data: 13/06/2018