Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

EFCJ tem novo diretor Ferroviário

28.08.2007 | | ABIFER News

No último dia 13 de agosto o administrador de empresas Silvio José Vendramin Camargo, 44, assumiu em confiança o cargo de Diretor Ferroviário da Estrada de Ferro Campos do Jordão.Camargo é funcionário da CPTM – companhia Paulista de Trens Metropolitanos desde março de 1995. Numa rápida passagem pela Prefeitura Municipal de São Paulo atuou junto as Secretarias de Governo e de Participação e Parcerias.Além do vasto conhecimento em ferrovia, acumulado nos 10 anos de CPTM, Camargo, natural de Jundiaí, também mantém um relacionamento estreito com o Vale do Paraíba, já que sua esposa Mônica é filha de Tremembé, com quem tem dois filhos. Vale lembrar que Silvio Camargo é o terceiro Diretor Ferroviário desde 2005, quando em substituição ao eng. Arthur Ferreira dos Santos – 18 anos de gestão, os ferroviários tiveram o professor Jarmuth de Oliveira Andrade, por cinco meses, sendo sucedido pelo bacharel em ciências contábeis Waldir Rodrigues – 1 ano e 9 meses.OtimismoCamargo está otimista com a nova função que desempenha na vida pública. Para ele a Estrada de Ferro Campos do Jordão é um novo desafio e nestas duas semanas de trabalho já vislumbra um futuro promissor para ferrovia, dada sua importância histórica e potencial turístico.Apesar de ter sua indicação confirmada somente em agosto, Camargo acompanhou a temporada de inverno na Estrada de Ferro da qual faz o seguinte balanço: “considerando o número de turistas atendidos o balanço positivo, dentro dos padrões. Houve até um pequeno crescimento em 2007, porém a média permanece em torno dos 42 mil visitantes”.Camargo explica ainda que a Temporada 2007 teve foco em eventos institucionais com a participação da Secretaria de Segurança Pública, a DEATUR – Delegacia de Atendimento aos Turistas, o DIRD – Departamento de Identificação e Registros Diversos, órgão que emite carteiras de identidade e outros documentos. Campos contou também com uma base do Ciretran com emissão de 2ª via de carteira de motorista e outros e ainda um mini-Poupatempo. Durante a temporada também foram distribuídas cerca de 3 mil mudas de árvores em parceria com o SOS Mata Atlântica, o Greenpeace e outros entidades locais.