Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Em 2008, 330 milhões de toneladas para a Vale

02.08.2007 | | ABIFER News

A Companhia Vale do Rio Doce estima que sua produção de minério de ferro deva atingir 330 milhões de toneladas no ano que vem. “A expectativa para o mercado em 2008 continua muito firme. Devemos crescer 30 milhões (de toneladas) ao ano“, disse o presidente da empresa, Roger Agnelli. No primeiro semestre, a Vale – segunda maior mineradora do mundo – produziu 138,8 milhões de toneladas de minério e estima atingir 300 milhões de toneladas até o final de 2007.O cenário para a mineradora é de crescimento, não somente na área de minério de ferro, mas também em níquel e no sistema de logística. Até 2011, a empresa pretende passar a produzir 450 milhões de toneladas anuais de minério e 500 milhões de toneladas de níquel. “São metas bastante factíveis“, afirmou Agnelli.Os principais entraves à continuidade da expansão, diz o executivo, têm relação com a escassez de infra-estrutura de transporte e de energia elétrica, não somente no Brasil, mas em vários países onde a companhia tem atividades. Para 2007, a Vale programou investimento recorde de US$ 7,2 bilhões. “Em 2008, o ritmo de investimentos deve continuar igual ou, talvez, um pouco maior“, disse Agnelli. A prioridade da empresa será o crescimento orgânico, com o aumento da exploração de suas atuais reservas minerais. O executivo, entretanto, não descartou a possibilidade de fechar novas compras no mercado, como a da canadense Inco, ocorrida no ano passado. “As aquisições serão somente em momentos que gerem resultados para os acionistas“, completou o executivo. No segundo trimestre, o lucro da Vale bateu recorde e atingiu US$ 4,095 bilhões, sob influência da alta do preço do ferro e do níquel no mercado internacional e do aumento de produção.