Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Em BH, Alvaro Dias assume compromisso com o metrô

28.08.2018 | | Não categorizado

O candidato a presidente pelo Podemos, senador Alvaro Dias, visitou neste domingo (26) o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), e se comprometeu a viabilizar a expansão do metrô da capital e a construção do Rodoanel. No domingo, o presidenciável foi até a casa do prefeito, depois de fazer campanha no Mercado Central, no centro da capital.

“Eu vim assumir um compromisso com Belo Horizonte e aqui, na casa do prefeito, é o local adequado para assumir esse compromisso: metrô e Rodoanel. Se o BNDES financiou o metrô de Caracas, o porto em Cuba, a hidrelétrica na Venezuela, por que não pode financiar uma parceira público-privada para expandir o metrô de Belo Horizonte e construir o Rodoanel?”, disse o candidato, após se reunir com Alexandre Kalil e o prefeito de Betim, Vittorio Medioli, que também é presidente estadual do Podemos.

O metrô de Belo Horizonte é uma antiga demanda do eleitorado da capital, que carece de investimentos federais. A última expansão da rede foi realizada em 2002. Já a construção do Rodoanel retiraria o tráfego de veículos pesados do Anel Rodoviário, palco de graves acidentes envolvendo carretas. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) chegou anunciar a liberação de recursos para essas obras, mas os projetos não saíram do papel.

O prefeito Alexandre Kalil disse que ainda não definiu quem será o candidato a presidente que contará com seu apoio. Ele afirmou que a única certeza é que não apoiará nem o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, nem Henrique Meirelles, presidenciável do MDB. “O primeiro critério é escolher uma pessoa que quer um Brasil novo. O meu grande medo é o continuísmo do que está aí, que vai ser um verdadeiro pavor para o país. Quando digo que daquele ‘abraço dos afogados’ eu estou fora, é porque sei quem vai pagar essa conta. Não sou eu, que moro nesse apartamento quem vai pagar, são as pessoas que eu vejo na prefeitura. Então, quero que o Brasil derrote esse abraço dos afogados nas urnas”, disse Kalil.

Mais cedo, no Mercado Central, Alvaro Dias também falou sobre a necessidade de aumentar os investimentos no Brasil por meio do BNDES. “Poderíamos fazer parcerias público-privada (PPP), alavancadas com recursos do BNDES e com o setor privado, investindo vigorosamente, aumentando os índices de investimento para 22% do PIB. Exatamente para fazermos obras de infraestrutura, que são fundamentais para aumentar a produtividade do país, melhorando a renda dos brasileiros”, disse.

Mais uma vez, Dias afirmou que o Brasil necessita de uma série de reformas, inclusive da própria Constituição, para fazer o que chama de “refundação da República”, para reduzir as desigualdades sociais. Ele defendeu ainda uma redução do número de parlamentares para gerar economia aos cofres públicos. “Precisamos fazer a reforma do Legislativo, reduzindo o número de senadores, de deputados federais e estaduais, além de vereadores. Menos políticos significa mais economia, mais qualificação. Precisamos acabar com os privilégios das autoridades”, finalizou.

Economista

Metas. O senador Alvaro Dias (Podemos) afirmou que, se for eleito presidente, vai buscar criar 10 milhões de empregos e alcançar um crescimento da economia de 5% ao ano.

Fonte: O Tempo
Data: 27/08/2018