Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Contorno ferroviário que irá tirar trilhos da área urbana de Rio Preto deverá ficar pronto até 2026

23.06.2020 | | Uncategorized

A retirada dos trilhos, que passam pelo centro de Rio Preto e por bairros, é um pedido antigo da população e deve custar R$ 500 milhões.

 

Trem parado em acidente na região central de Rio Preto — Foto: Arquivo

A Prefeitura de São José do Rio Preto (SP) e a concessionária Rumo anunciaram na manhã desta sexta-feira (19) o contorno ferroviário na cidade. A retirada dos trilhos, que passam pelo centro de Rio Preto e por bairros, é um pedido antigo da população.

A Rumo, que é a concessionária da ferrovia paulista, vai investir R$ 500 milhões para construir o contorno ferroviário, tirando o transporte de cargas e combustíveis do perímetro urbano de Rio Preto. A obra deve ser concluída até o ano de 2026.

A concessionária já deu entrada nas licenças ambientais e, na sequência, deve iniciar a obra propriamente dita. O principal objetivo é evitar acidentes, como o que matou oito pessoas em 2013, e liberar o trânsito.

A obra é uma obrigação de contrato para a ampliação da concessão da malha ferroviária paulista para a Rumo.

“O Tribunal de Contas que aprovou o contrato deu recomendação para o Ministério firme um convênio para a prefeitura possa ser a responsável pela linha férrea que ficará na cidade. O contorno realizado, a gente devolve para o Dnit, e deve firmar convênio com a prefeitura a gestão da linha que fica no centro da cidade, decidindo a utilização”, afirma Guilherme Penin, diretor da Rumo.

Nesse trecho da ferrovia, no perímetro urbano de Rio Preto, o prefeito Edinho Araújo quer implantar um sistema de VLT, Veículo Leve Sobre Trilhos, para auxiliar no transporte coletivo, que hoje é feito apenas pelos ônibus.

“Vamos manifestar o interesse ao Dnit para que já fique constando o desejo da municipalidade desse trecho urbano”, afirma o prefeito.

O contorno ferroviário terá quase 60 quilômetros de trilhos. O traçado do contorno será por Cedral, passando ao sul de Bady Bassitt, chegando em Mirassol, sempre fora do perímetro urbanos dessas cidades.

Fonte: G1
Data: 19/06/2020