Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Especialista fala sobre a ferrovia Ferrogrão no Show Safra 2018

20.03.2018 | | Não categorizado

A logística para o escoamento da produção ainda é um difícil gargalo e que incomoda bastante produtores rurais. A cada safra, as perdas se acumulam gerando um saldo de prejuízos que não pode ser desprezado. Foi pensando nisso que surgiu o projeto da Ferrogrão, ferrovia que deve ter investimentos na ordem de R$ 12,6 bilhões. E com um trajeto de aproximadamente mil quilômetros, a ferrovia irá conectar os principais centros produtores do Centro-Oeste ao porto de Miritituba, no Pará.

“Acredito que essa possa ser uma grande oportunidade de fazermos um debate muito qualificado sobre quais são os caminhos que Mato Grosso deve trilhar para incrementar a sua logística de transportes”, diz o empresário Guilherme Quintella, também presidente para a América Latina da União Internacional de Ferrovias, convidado a proferir palestra no Show Safra BR 163, com abertura amanhã, 20, às 16h30, em Lucas do Rio Verde (MT).

Quintela qualifica o Estado como atípico, uma região desenvolvida, que já possui uma carga induzida, mas que irá se desenvolver ainda mais com a implantação de novas ferrovias que cortem o Mato Grosso em todas as direções. Quintella é graduado em Economia pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), com curso de O.P.M. (Owner President Management, na sigla em inglês), em Harvard.

Além da palestra, a australiana Nufarm, uma das líderes do mercado de defensivos agrícolas, participa no período de 20 a 23 da edição 2018 do Show Safra, na cidade de Lucas do Rio Verde (MT). A companhia leva ao concorrido evento da Fundação MT um diversificado portfólio de tecnologias para as culturas de soja e milho. A equipe da empresa também faz no local o lançamento oficial do aplicativo de última geração WeedApp, uma ferramenta de suporte ao manejo de plantas daninhas.

Engenheiro agrônomo Mario Drehmer, gerente de herbicidas da Nufarm, esclarece que o sistema WeedApp combina a identificação de plantas daninhas, feita com auxílio do aplicativo, à aplicação de herbicidas. “O aplicativo analisa o cenário de infestação por invasoras e seleciona os ingredientes ativos mais recomendados a cada situação, na medida da necessidade da lavoura”, resume Drehmer.

Outro atrativo da empresa australiana para os produtores visitantes do Show Safra é a montagem de campos demonstrativos de soja e milho. Nessas áreas, os agrônomos da Nufarm irão demonstrar na prática os diferenciais de agroquímicos da marca que têm sidos utilizados com sucesso nas duas culturas, sobretudo os herbicidas ZethaMaxx e Crucial, o fungicida Manfil e o inseticida para tratamento de sementes Inside FS.

Fonte: Revista Safra
Data: 19/03/2018