Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Ferrovia: Estudo para novos trechos já atraiu 26 empresas interessadas

05.11.2019 | | Notícias do Mercado

São mais de 1.200 quilômetros de trilhos

 

Ferroeste em Guarapuava – Guarapuava, 04/04/2019 – Foto: Jaelson Lucas/ANPr

Curitiba – A possibilidade de fazer o EVTEA J (Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica) dos projetos da Nova Ferrovia, de Paranaguá a Maracaju (MS) e do ramal ferroviário de Cascavel a Foz do Iguaçu já atraiu 26 empresas interessadas, inclusive grupos e consórcios nacionais e internacionais.

O aviso de manifestação de interesse para o estudo foi publicado no Diário Oficial da União de setembro.

No total, serão 1.280 quilômetros de trilhos. O interessado deve apresentar o estudo para os dois projetos, mas, como um dos itens é justamente a viabilidade financeira, caso o interessado perceba outra opção, pode apresentar a sugestão de divisão do projeto.

A Nova Ferrovia prevê um novo traçado passando pela base da Ferroeste, em Cascavel, desviando o gargalo que existe hoje na região de Guarapuava, e excluindo o trajeto que já existe hoje até o litoral e é administrado pela Rumo, cuja concessão vai até 2030.

De Guarapuava a Cascavel seria possível aproveitar os trilhos já existentes, salvo por algum entrave ambiental e a partir de Cascavel até Maracaju e até Foz os trechos serão novos.

O EVTEA J é apenas o primeiro passo para a construção dos trechos. É ele quem vai apurar o valor da obra, para que então seja aberta a licitação para a execução física dos trilhos.

 

Fonte: O Paraná

Data: 05/11/2019