Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Frente parlamentar discute soluções para o transporte urbano

04.10.2019 | | Notícias do Mercado

Executivos do setor metroferroviário foram recebidos pelo deputado Estadual Ricado Madalena, no gabinete da Alesp.

Transporte de carga e passageiros em sistema multimodal e implantação de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) foram os temas trazidos por especialistas na reunião da Frente Parlamentar do Transporte Metroferroviário realizada na manhã desta terça-feira (1/10), na Alesp.

O primeiro palestrante do dia foi Luiz Alberto Fioravante, que abordou a experiência que está sendo realizada na cidade de Sorocaba para implantação do VLT. O ponto principal abordado por Fioravante foi a necessidade do retorno de investimentos em linhas férreas. Para ele, não há mais concepção de mobilidade sem considerar a volta das ferrovias, utilizando as malhas ferroviárias existentes. “Em várias cidades do Brasil a via férrea passa no centro da cidade, é uma cicatriz urbana, um local feio. Se aproveitarmos essas vias para o VLT, isso atrai investimento e melhora a questão imobiliária da cidade”, disse. A experiência já foi desenvolvida no litoral paulista: “Em Santos, fizeram o VLT no lugar do trem de carga que cortava a cidade e é um sucesso. Isso precisa ser replicado em outras cidades do Estado de São Paulo”.

Multimodalidade

Em seguida, o engenheiro Gustavo Gardini falou a respeito da experiência do Grupo DB, companhia alemã da área de transportes. Gardini defendeu a combinação de meios de transporte. “Multimodalidade é o uso eficiente do transporte de cargas e passageiros com a melhor combinação dos modos de transporte ” rodoviário, ferroviário, aéreo”, afirmou. Para exemplificar, ele citou o congestionamento das rodovias nas proximidades de São Paulo. “As dez rodovias que dão acesso à região metropolitana já estão numa situação muito precária, não cabem mais caminhões e automóveis. A ideia é sair de um sistema 100% rodoviário para um sistema multimodal, no qual os caminhões e ônibus ainda vão ser os protagonistas, mas vamos ter um sistema mais eficiente”, comentou.

Para o coordenador da frente parlamentar, Ricardo Madalena (PL), a reunião foi positiva. “Estamos nos reunindo hoje com pessoas pensantes e que trazem experiência de vida na área de transportes ferroviários”, declarou.

Além dos citados, esteva presente o ex-deputado João Caramez, coordenador da frente desde a sua criação, em 2016, até o início de 2019.

 

Data: 01/10/2019
Fonte: Alesp