Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Linha 3 poderá chegar ao Centro de Niterói em dois anos com pré-metrô

23.01.2007 | | ABIFER News

Caso a Linha 3 seja realmente implementada com pré-metrô em um prazo de dois anos, como promete o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, pelo menos 400 passageiros desembarcarão na estação Leopoldina, no Barreto, que hoje não conta com estrutura viária até o Centro suficiente para suprir a nova demanda. Para que a integração entre os dois pontos não vire um problema quando a revitalização da malha ferroviária até Itaboraí já estiver concluída, Lopes diz que o trecho entre o Barreto e o Centro poderá também sair do papel no mesmo prazo.O secretário afirma que foi descartado o projeto de construir um elevado que faz parte da proposta original da Linha 3 no Centro, que teria que passar pelo Caminho Niemeyer. E que a linha poderá ser de superfície ou subterrânea.O pré-metrô poderia ser instalado também em Niterói, já que é um transporte apropriado para a área urbana. E isso pode ser feito também em dois anos, ao mesmo tempo que a revitalização da malha ferroviária até Itaboraí afirma Lopes.A Secretaria municipal de Serviços Públicos, Trânsito e Transportes também já estuda a integração dos passageiros.- Vamos estudar uma integração com vans e ônibus.Poderia também haver uma estação de barcas em São Gonçalo diz a secretária Dayse Monassa.O pré-metrô, ou VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), é uma alternativa à instalação do metrô entre Barreto e Itaboraí, projeto que custaria R$ 1,2 bilhão. O estado quer utilizar trens que estão parados desde 1989 na Estação da Leopoldina, no Rio. Lopes diz que a revitalização da atual malha viária não impedirá a implantação do metrô no futuro, projeto cujas obras continuam sem prazo.A ferrovia será um importante meio de ligação da região com o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí.A linha férrea passa ao lado do terrenos do Comperj.