Av. Paulista, 1313 - 8º andar - conjunto 801 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Log-In conclui oferta pública e investirá R$ 800 milhões

03.08.2007 | | ABIFER News

Recursos serão aplicados em novos navios, infra-estrutura e na frota de contêineres A Log-In concluiu no dia 25 de julho a oferta pública de ações com a captação, através de oferta primária, de R$ 428,8 milhões. O Conselho de Administração da empresa, em reunião realizada no último dia 31 de julho, aprovou os principais projetos do Plano de Negócios, contemplando investimentos de R$ 800 milhões nos próximos cinco anos, que levarão a uma forte expansão de capacidade.Estes projetos incluem a construção, no Brasil, de cinco navios para transporte de contêineres na cabotagem, no valor total de aproximadamente US$ 350 milhões, a ampliação da capacidade do Terminal de Vila Velha (TVV) e a renovação e ampliação da frota de contêineres. Os cinco novos navios, que terão capacidade para 2.700 TEUs (unidade que corresponde a um contêiner de 20 pés) cada um, aumentarão em 300% a capacidade do serviço de navegação costeira da Log-In. A empresa já obteve aprovação do pedido de prioridade de financiamento do Fundo de Marinha Mercante para a contratação das embarcações, que serão construídas no Estaleiro EISA, no Rio de Janeiro.O Terminal de Vila Velha (TVV) receberá investimentos na ordem de R$ 65,4 milhões, que serão usados na expansão de sua capacidade em cerca de 80%, dos atuais 310 mil para 550 mil TEUs. Esse valor inclui compra de equipamentos, reforma da área de armazenagem de contêineres e ampliação do número de portões de acesso para caminhões. A Log-In também irá investir R$ 50 milhões na compra de novos contêineres para a substituição e ampliação de sua frota atual, além de investimentos em tecnologia da informação.“Seguindo nossa estratégia de atuação, continuaremos concentrando esforços na expansão da oferta de nossos serviços intermodais, buscando as oportunidades criadas pelo desenvolvimento econômico e pelo crescimento do comércio exterior brasileiro” afirma Mauro Dias, diretor presidente da empresa.