Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

Mercado de locação tem perspectiva de aumento de 20%

07.08.2007 | | ABIFER News

Em 2002, os especialistas em ferrovias já vislumbravam que o setor estava no limite da utilização dos ativos e haveria a necessidade de expansão do equipamento. Foi assim que nasceu a Ferrolease, sediada no Paraná, pioneira no leasing operacional – locação de vagões de carga e locomotivas – cujos contratos variam de cinco a dez anos. A locação do material rodante é vantajosa para o usuário final, que precisa de produtos que cheguem no tempo certo ao destino. Também as ferrovias aumentam a capacidade operacional sem precisar gerenciar o sistema, podendo aguçar o foco no negócio e nas vias permanentes, como a recuperação de trilhos e melhoria no sistema de sinalização. Perspectivas – “Se os estudos da demanda forem corretos, em 2008 devemos crescer no mínimo 20%”, diz Estefano Vaine Júnior, presidente da Ferrolease, engenheiro com larga experiência em ferrovia. A projeção toma como base principal a expansão da carga de granéis líquidos, transportados em vagões do tipo tanque. A julgar pelo tamanho do mercado de locação americano, Vaine Júnior tem total razão. Nos Estados Unidos, a frota ferroviária operada sob sistema de leasing é metade do total. Atualmente, no Brasil, o percentual é 2%. A compra do ativo da Brasil Ferrovias pela ALL aumentou o otimismo do empresário. “O próximo passo é locar ou comprar.” A respeito dos vagões, a contabilidade da Ferrolease trabalha com a perspectiva de crescimento em torno de 7%. “A quantidade de vagões por volume de carga transportada é direta.”