Av. Paulista, 1313 - 9º Andar - Conjunto 912 (11) 3289-1667 abifer@abifer.org.br
pt-bren

MRS Logística aprova o ramal para a Gerdau

15.09.2020 | | Notícias do Mercado

Ligação ferroviária já pode ser utilizada pela G2L e ouras empresas

 

A empresa G2L, braço logístico do Grupo Gerdau, que recentemente iniciou operações na área da antiga siderúrgica, no bairro do Socorro, em Mogi, após a contratação de 60 funcionários, finalizou a recuperação, feita em conjunto com a MRS Logística, do ramal ferroviário que serve à unidade. Depois dos reparos necessários à antiga linha, a MRS executou os testes finais com um trem e deu sinal verde para que a empresa possa iniciar o trabalho utilizando os serviços ferroviários. A proposta da G2L, que tem o aval da Prefeitura de Mogi, é transformar a unidade da Gerdau em um polo industrial e logístico, com objetivo de prestar serviços para empresas da cidade e do resto do País. Segundo informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, empresas como a Elgin e Valtra já demonstraram interesse em utilizar os serviços do novo polo logístico, que dispõe também de um amplo espaço para ser utilizado como depósito. A possibilidade do uso do modal ferroviário é o principal atrativo da nova unidade, já que os transportes por via férrea chegam a ser barateados em até 30% em relação aos rodoviários, na região Sudeste. O sucesso do empreendimento é visto como decisivo para a atração de novas indústrias para aquela região da cidade, que deverá colher os efeitos positivos das futuras obras do Projeto + Mogi Ecotietê. Concentradas na área de César de Souza, as melhorias a serem proporcionadas pela execução do futuro plano, cujo contrato com o agente financeiro foi assinado na última quinta-feira, em Brasília, deverão ter reflexos positivos para as regiões mais próximas. Além da área pertencente ao Grupo Gerdau, que poderá ser transformada numa espécie de condomínio industrial, há outros espaços disponíveis, entre César de Souza, Socorro e Cocuera, que poderão receber novas empresas, atraídas pelas facilidades oferecidas pela estrutura que está sendo montada após a chegada da G2L.

Deficientes

Os partidos políticos deverão adotar medidas que possibilitem a compreensão da propaganda usada na futura campanha eleitoral por pessoas com deficiência. A legislação em vigor obriga a utilização simultânea e cumulativa da subtitulação por meio de legendas, janela com intérprete de Libras e audiodescrição. Um alerta sobre a adaptação das peças para deficientes está sendo feita pela promotora de Justiça Eleitoral, Beatriz Binello Valério.

Fisioterapia

A Subsecretaria de Relações do Trabalho do Ministério da Economia está dando ciência ao público em geral do pedido de registro do Sindicato dos Fisioterapeutas da Região Metropolitana de São Paulo (Sindfisio) para representar a categoria em Mogi das Cruzes, demais cidades da região do Alto Tietê, ABC, e municípios como Barueri, Caieiras, Mairiporã, Osasco, Taboão da Serra, entre outros. Desde ontem, está aberto o prazo de 30 dias para impugnações.

Palmas para nós

Mesmo admitindo ser algo “atípico”, o vereador Caio Cunha (PODE) apresentou requerimento parabenizando a própria Câmara que, segundo ele, “mostrou envergadura” ao aprovar, em 2018, um apelo ao prefeito para que fosse criado o Conselho Municipal de Transparência e Controle Social e o Fundo Municipal de Prevenção e Combate à Corrupção. Segundo o vereador, o assunto está há dois anos e dois meses na Prefeitura, sem uma solução concreta. O documento foi aprovado, por unanimidade, na última quarta-feira.

Moderninha

As atividades da Lira São José Operário já podem ser seguidas pelo Instagram, informa o seu presidente e professor Josemir Ferraz de Campos. A banda está retomando os ensaios para cumprir contratos de apresentações na cidade, até o final deste ano. Como os espaços públicos ainda não permitem aglomerações, por conta da Covid-19, não está afastada a possibilidade da realização de lives pela “furiosa”, via redes sociais. Para seguir no Instagram: @lirasaojoseoperario .

Frase

O dinheiro não é só facilmente dobrável como dobra facilmente qualquer um.

Millôr Fernandes (1923-2012), desenhista, humorista, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro

 

Fonte: O Diário de Mogi

Data: 12/09/2020